Inaugurado o primeiro plenário do Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI)

Inaugurado o primeiro plenário do Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI)

O plenário recebe o nome de Adm. Manoel Teófilo Maia de Lima, em homenagem ao primeiro presidente e administrador registrado no Conselho do Piauí.

Foi realizada nesta quarta-feira, dia 18, a inauguração do plenário do Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI). Manoel Teófilo Maia de Lima, este é o nome dado ao plenário; a nomenclatura foi escolhida em homenagem ao primeiro administrador registrado no Conselho do Piauí e presidente do CRA-PI.

A inauguração do plenário Manoel Teófilo Maia de Lima é uma idealização conjunta para todos os administradores do estado, e se torna um espaço democrático para tomada de decisões do conselho e deliberações.

Durante a solenidade, o Administrador homenageado, Manoel Teófilo, agradeceu pela homenagem e destacou que o seu nome foi escolhido por conta do esforço e dedicação ao conselho. “Eu acho que não é por questão individual, mas uma homenagem merecida pelo esforço e dedicação ao sistema CFA (Conselho Federal de Administração), CRA, durante a minha vida. Então eu fiquei muito feliz, meu sentimento é de alegria, porque o reconhecimento é uma das coisas mais importantes no sentido de levantar o astral das pessoas. Você  faz algo sem esperar o reconhecimento, você faz porque é importante. Mas ser reconhecido, o preço é muito maior”, relata.

O presidente do CRA-PI, Roberthy Barbosa, informa as características da plenária e a importância da sua instalação no Conselho. “O projeto da plenária estava feito desde 2017, e resolvemos encaminhar para Brasília, para o nosso Conselho Federal, e de lá ter aprovação de recursos para providenciarmos, na prática, a execução dessa ambientação e reforma da plenária. A importância da plenária é profissionalizar o nosso local de deliberações, é daqui que a gente elabora nossos regimentos, onde elegemos a diretoria, as conquistas que a gente vai pôr para a categoria, onde decidimos tudo isso. Nada mais salutar, do que termos um ambiente próprio para este tipo de atividade” ressalta.

Fechar Menu