Apresentação de ferramenta que simplifica gestão pública marca a abertura do 6º FOGESPI

Apresentação de ferramenta que simplifica gestão pública marca a abertura do 6º FOGESPI

Teve início nesta quinta-feira, dia 22, o 6º Fórum de Gestão Pública do Estado do Piauí (6° FOGESPI) com o tema “Management Tools: Melhores Práticas para Novos Tempos na Gestão Pública”. Representantes do Conselho Federal de Administração (CFA) apresentaram aos participantes a ferramenta Índice de Governança Municipal (IGM), criada pelo Conselho, para auxiliar gestores na melhor distribuição de recursos públicos.

Durante a solenidade de abertura que aconteceu no auditório da OAB-PI, o presidente do CRA-PI, Roberthy Barbosa, falou da importância do evento para profissionais e para a entidade de classe, reforçando que o fórum tem o objetivo de aprimorar a gestão pública e apresentar ferramentas para isso.

“Esse evento é de suma importância não só para administradores, mas para todos participantes da gestão pública. Pois nele os profissionais e gestores podem absorver conhecimento e melhorar administração do seu local de trabalho. Então vários palestrantes de nível nacional e internacional estão no evento trazendo formas de como melhor viabilizar os recursos, em que setor precisa mais desses recursos com a apresentação da ferramenta IGM o gestor poderá fazer isso. Além de palestras sobre cidades inteligentes, dentre outras”, relatou.

Após a abertura, Irany Oliveira, conselheira e vice diretora da Câmara de Gestão Pública do CFA, apresentou o Índice de Governança Municipal e falou da importância da ferramenta na administração pública.

“Nós do CFA criamos o IGM que já está sendo utilizado pelo Governo Federal. Essa ferramenta é muito útil para a gente fazer análise de todos os municípios do Brasil. Nós fizemos um agrupamento de cidades dentro dessa ferramenta que consiste na população do município que estão classificados de 0 a 20 mil, de 20 a 50 mil, de 50 a 100 mil e acima de 100 mil, para que possamos está fazendo um perfil das dificuldades dos municípios. Com isso podemos fazer gestão de três pontos principais: gestão, finanças e desempenho do município. Nessa análise colocamos uma métrica que mede se a administração está sendo boa ou ruim”, disse.

Syonara Rodrigues é administradora e destaca que o evento traz mais conhecimentos e mais ferramentas para ajudar o profissional em sua atuação. “O tema do FOGESPI traz muito bem as ferramentas de gestão, são conhecimentos extremamente importantes para qualquer gestor da área e pessoas que se interessem no campo da gestão pública. Nós profissionais da administração que precisamos mais do que nunca instrumentalizar a gestão pública para alcançar o resultado mais esperado necessitamos muito conhecer essas ferramentas”, explicou.

Logo depois das palestras foram apresentados os profissionais formados no workshop na terça-feira (21). E a diretora institucional do CRA-PI, Mônica Carvalho, agradeceu os parceiros do 6º FOGESPI.

Fechar Menu